-->

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Eu estava pensando...

   Todo mundo que acompanha o Divina Flor sabe o respeito que tenho por todas as irmãs que colaboram com o blog, não é? Faço sempre questão de colocar o nome de quem enviou, de quem fez, de quem tirou a foto, o motivo pelo qual o arranjo foi ofertado, a igreja, etc, etc, etc... se não tiver essas informações tudo bem, mas quanto mais informações melhor. Não faço isso para exaltação do "homem", para mostrar que o arranjo de um ficou mais 'legal" que o outro e blá, blá, blá.... Apenas para deixar às claras e compartilhar....
   A oferta do arranjo é uma dedicação ao Senhor. Na apostila sobre o trabalho de senhoras há, não somente as orientações sobre como se deve fazer o arranjo, mas também o motivo para que seja feito. O Senhor mostrou e orientou sobre este trabalho e disse que no momento em que a irmã estiver fazendo o arranjo bençãos estarão sendo derramadas, não pela beleza das flores ou pelo formato do arranjo, mas pelo ato da oferta, do coração remido, da gratidão por benção recebidas.
   Cada um tem seu motivo. Eu gosto de ofertar no meu aniversário para agradecer por mais um ano diante de Deus; há quem oferte pelo aniversário do filho, pela formatura do marido, por uma oração respondida... os motivos são diferentes, mas percebem que o ato é o mesmo? G-R-A-T-I-D-Ã-O.
   E por trás da gratidão há uma experiência... e experiências não edificam quando são compartilhadas? Ao menos para mim são deveras edificantes! Fico feliz, quebrantada, maravilhada quando ouço alguém contando uma experiência que teve com Deus! Uma oração respondida, um livramento, uma porta aberta que aos olhos humanos era impossível...
   Vocês devem estar se perguntando: "Mas por que ela está falando tudo isso???!!!" É impossível agradar a todos, sempre há quem discorde de alguma coisa...
   Não quero ser unanimidade, longe de mim, aliás, acredito que as diferenças são construtivas quando vem em forma de ideia, um ponto de vista que não fora antes vislumbrado, mas sinceramente.... quando vem em forma de exortação ou "verdade absoluta" me irrita. E acredito também que quem acompanha o Divina Flor com o propósito do blog que é C-O-M-P-A-R-T-I-L-H-AR bem esclarecido na mente não se importa nem um pouco com o fato dos arranjos serem postados com o nome da irmã que o fez, da igreja em que foi ofertado e da experiência relatada.
   Esse post não é um esclarecimento e tão pouco tem o objetivo de mudar a idéia de alguém, é apenas um desabafo, uma conversa entre amigos, pois eu realmente tomei como amigos os que aqui se encontram. E, ó, quem quiser pode ficar à vontade para discordar, pois o Divina Flor não é um espaço rígido, fechado e autoritário, ao contrário, é democrático e respeita todo mundo.
   Com todo respeito e carinho, um grande abraço a todos!
 
"Não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo fazendo de coração a vontade de Deus." Efésios 6:6

Um comentário: