-->

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Arranjo Elizeth

   A Elizeth fez aniversário, mas não conseguiu ofertar o arranjo na semana, pois outra irmã fazia aniversário antes dela. E neste final de semana ela fez a oferta, que acabou coincidindo com o aniversário do filho dela, Victor, aí acabou que a oferta ficou por conta disso....rsrsrs.... Ela gosta de comprar flores na feira do bairro Jardim da Penha, Vitória, ES, e sempre vai pra lá cedinho escolher as belezuras, mas neste sábado ela teve "amnésia"....hahahaha....
   Acordou, ficou fazendo hora e, de repente, lembrou da oferta....rs....para ir à feira já estava tarde, então procurou a floricultura mais próxima e lá encontrou poucas opções, segundo ela...rs.
   Como o seminários de CIA aconteceu neste final de semana ela decidiu comprar flores bem coloridas. Gérberas, gypsophila, flores do campo, mini papirus, tango e vassourinha...e isso porque ela disse que não tinha opções.....hahahahaha. decidimos o modelo e começamos a fazer. 
   Acho que ela ainda estava pensando na impossibilidade deter ido à feira; foi gostando do modelo e tal, mas percebia em seu semblante que estava pensando mais no que não havia comprado, do que nas flores que estavam ali...
   Nós já lemos aqui várias experiências sobre isso, né? Quantas vezes fomos à floricultura com tudo definido na cabeça e chegando lá não encontramos nada do que planejamos? Comigo já aconteceu diversas vezes, com minha amiga Luziani é quase "lei" acontecer....hahahaha....e várias irmãs já relataram aqui o mesmo. E também relataram o operar de Deus! Quantos arranjos saíram mais que lindos em situações como essa? Faz a gente lembrar que nosso coração pode fazer planos, mas que o operar é de Deus, né...
   E assim foi com o arranjo da Elizeth! Quando terminamos ela amou o resultado, mas como tinha um compromisso, oramos entregando o período e ela se quebrantou, pois agradeceu pela vida do filho, depois se foi. Somente à tarde, durante o seminário, que percebi que ela olhava atentamente para o arranjo. No sábado à noite ela falou comigo:
"___ Márcia, estou apaixonada por esse arranjo! Quanto mais eu olho pra ele, mais eu gosto! Dá vontade de pegar e beijar!"
   Caímos na gargalhada. A intenção dela em fazer o melhor, a gratidão ao Senhor pela vida do filho e principalmente a singeleza das flores fez desse arranjos simples um dos mais bonitos que, segundo ela, já ofertou. Ganhei meu final de semana com essa pequena, mas edificante experiência....
   Beijos a todos!


 


2 comentários:

  1. os arranjos simples estão demonstrando muito hoje para o senhor como gratidao,!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a organização e colocar o arranjo de flores em cima de um banquinho de madeira deu muito estilo

    ResponderExcluir